Ficha de Apoiamento

CONHEÇA NOSSOS VALORES

“Conservar o DIREITO DE PROPRIEDADE, a LIBERDADE e a VIDA desde a CONCEPÇÃO até a MORTE NATURAL.”

VALORIZAÇÃO DAS BASES JUDAICO-CRISTÃS

Os valores judaico-cristãos construíram o ocidente como o conhecemos. Permitiram o avanço das tecnologias e da população, trouxeram direitos de liberdade que ultrapassam governos e governantes e estabelecem limites morais imprescindíveis para a convivência em sociedade.

REPÚDIO AO SOCIALISMO, FASCISMO E COMUNISMO.

Socialismo, fascismo, comunismo e nazismo são ideologias oriundas de pensamentos da esquerda. Tais ideologias retiram a liberdade, escravizam a população e destroem a sociedade.

VOTO DISTRITAL e FACULTATIVO

Há anos se discute a reforma política, mas as medidas para se implantar o voto distrital e o facultativo nunca são discutidas.

O voto distrital aproxima o politico do eleitorado e o voto facultativo diminui a compra de votos.

O PaCo acredita no voto distrital e facultativo como solução para um governo saudável e democrático.

LIVRE ECONOMIA DE MERCADO

Acreditamos na menor interferência do estado na economia. Abrir espaço para a livre iniciativa e competições capitalistas gera empregos e capital.

ELIMINAÇÃO DE IMPOSTOS ABUSIVOS

Empresários e trabalhadores pagam impostos altíssimos e não possuem retorno. O estado sempre será um péssimo administrador, por isso acreditamos que quanto menos dinheiro o estado tiver e mais dinheiro ficar no seu bolso, melhor será o seu benefício.

SOMOS A FAVOR DA VIDA

O respeito a preservação da vida é base para qualquer sociedade moralmente saudável. Seja nos presídios ou nos hospitais, o Partido Conservador (PaCo) não concorda com medidas que retirem o direito natural de apreciar os sofrimentos e alegrias da vida.

Baixe o livro agora mesmo, clique na imagem abaixo.

Livro: “Proposta de Constituição de um novo país chamado Brasil”

O livro é uma proposta conservadora de Constituição de um novo país chamado Brasil, tendo a firme convicção de que a natureza humana é essencialmente capitalista. Ninguém é socialista, porque, se o fosse, venderia suas propriedades e seu trabalho e os entregaria ao estado para que este fizesse a distribuição dos seus bens.

Ao longo da história, nota-se que o progresso do homem foi apenas um progresso material e que a soma do trabalho e da solidariedade natural do ser capitalista proporcionou a riqueza social. Mas, o socialista, em nome de se criar um novo homem, transformou a mulher cubana em geradora de fetos para exportação; transformou o norte-coreano em chorão de praça pública e adorador do “deus” Kim; tornou o venezuelano um escravo do colombiano Maduro e quer transformar o brasileiro num idiota.

O cristão acredita no paraíso celeste e não se subordina ao estado-deus, o qual sempre tem um ditador que se considera o deus do paraíso terrestre. Por isso, cristãos são perseguidos pelos ditadores atuais, todos essencialmente esquerdistas. O paraíso na terra não existe, mas a vida do ser humano sempre capitalista seria melhor aqui na terra se não houvesse as tentativas dos socialistas de criar um novo homem vivendo num paraíso terrestre sem Deus.
O leitor perceberá que a desvalorização da mulher é característica das ditaduras socialistas ou das ditaduras islâmicas, que também são socialistas. Os habitantes das sociedades democráticas e, consequentemente, predominantemente conservadoras, amam suas famílias e valorizam a mulher, seguindo o preceito cristão: família é a união de um homem e uma mulher com o objetivo de viver gerando novas vidas. Não é esse o caso dos islâmicos, não é esse o caso dos socialistas.
Uma proposta conservadora é pela conservação da vida, da liberdade, da propriedade e da religião cristã. A oposta proposta progressista está descrita no Manifesto Comunista, que explicitamente declara ser uma ruptura radical com as relações de propriedade tradicionais, com o cristianismo e com a liberdade, e acrescente-se: é uma proposta satânica de extinção do ser humano.
Edson NAVARRO Tasso
Presidente do Partido Conservador – PaCo

Veja nossos videos

Pré – Filiação Partido Conservador

Quem somos

O Partido Conservador (PaCo) deseja surgir com os esforços da população brasileira de direita, para se opor a dominância de partidos de cunho socialista ou social democrata. Sabe-se hoje que a maioria dos políticos brasileiros estão impregnados por ideologias de esquerda, até mesmo aqueles que se autodefinem “direita” deveriam ser qualificados como centro-esquerda.

Observando essa hegemonia política com oposições fingidas, que mais parece com uma estratégia das tesouras¹, nasceu o Partido Conservador (PaCo) buscando o resgate da natureza capitalista do homem e dos valores da religião judaico-cristã.

Nosso Presidente,

Fundador e financiador Edson Navarro é advogado, engenheiro civil e mestre em economia. Já trabalhou como consultor da OEA (Organização dos Estados Americanos), foi Diretor de Obras e de Urbanismo, Gestor Governamental no Conama, Engenheiro da Caixa Econômica Federal e Analista da Controladoria Geral da União no Paraná, se aposentou como Auditor de Obras do Tribunal de Contas da União.

Lutas

Vislumbramos um plano de governo que melhore a educação, saúde e segurança pública.

Buscamos a eliminação de impostos declaratórios e progressivos, e da diminuição da dívida pública até extingui-la.

Repudiamos COMUNISMO, FASCISMO e SOCIALISMO. Somos contra tais ideologias por serem reflexões de um Estado totalitário que busca o coletivismo e a desvalorização da individualidade do ser humano.

Autorização

Atualmente o Partido Conservador (PaCo) possui autorização de acordo com o art. 9° da Resolução TSE n° 23.282 para coletar assinaturas. Procuramos apoiadores e membros que desejam constituir um novo Brasil.